O que achei da série The Carrie Diaries

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
Hey gente!

Lembram que eu indiquei duas séries para assistir ainda esse ano? Já resenhei a série Riverdale e agora é a vez de conhecermos melhor a série que conta a vida da Carrie Bradshaw antes de sex and city.
Antes de dominar a cidade de Nova York ao lado das amigas Samantha, Miranda e Charlotte, Carrie Bradshaw (AnnaSophia Robb) passou por todas as questões de uma adolescente comum. Em plena década de 1980, em uma cidade pequena, ela enfrentou a morte da mãe e a revolta da irmã caçula, Dorrit (Stefania Owen), com a ajuda das amigas Maggie (Katie Findlay) e Mouse (Ellen Wong) e do amigo Walt (Brendan Dooling). Após conseguir um estágio em uma firma de Manhattan e reencontrar uma antiga paixão, Sebastian Kydd (Austin Butler), Carrie irá começar a descobrir as regras do amor e do sexo...
SOBRE A SÉRIE
De início conhecemos a sonhadora Carrie Bradshaw em plena década de 80, mais precisamente em 1984, onde Ronald Reagan e ombreiras estavam na moda. Ela tenta se auto descobrir com a ajuda da família, amigos e de um boy gato nada mais nada menos que Austin Butler.
Nesse meio tempo, ela consegue uma oportunidade de ouro de estagiar em Manhattan. A partir da amizade com a Larrisa da revista interview, a garota abre os olhos para conhecer as verdadeiras regras do amor e do sexo.

SOBRE OS PERSONAGENS
Carrie Bradshaw
A Carrie foi uma das personagens que mais gostei de cara. Ela é uma garota de 16 anos madura, compreensível e amiga. Eu ainda não assisti aos filmes sex and city e não sei como a Carrie é representada por lá, mas na série a Carrie é uma pessoa bem legal de se ter como amiga.

Sorry, mas eu queria ser a Carrie Brasdshaw, uma garota bem decidida e bem resolvida, com os melhores amigos que uma pessoa podia ter e um boy magia lindo e cobiçado por geral.

Eu poderia fazer um tópico só com os looks da Carrie, mas como o post já vai ficar imenso, pensaremos nisso num futuro próximo.

Sebastian Kydd
O caráter do Sebastian de início foi até duvidoso, por que o Austin Butler já tem aquela cara de mauricinho que chegou para quebrar os corações alheios. Mas é aquele carinha que a gente sonha em conhecer.
Apesar de eu ter tido vontade de matar o Sebastian algumas vezes, ele teve seus momentos lindinhos, de fazer qualquer pessoa querer um namorado ou amigo que nem ele.

Maggie, Mouse e Walt
Os melhores amigos de Carrie são aqueles que dá vontade de ter também. Sabe a representação do bem e do mal que aparece nos desenhos animados quando o personagem está em dúvida de algo? É exatamente a Maggie e a Mouse na vida da Carrie. Mouse é aquela garota que gosta de fazer tudo certinho e planejado, parecida até com a Bradshaw, mas bem diferente da Maggie.
Devido alguns detalhes que não posso dizer a vocês (alô spoiller), Mouse e Walt ganharam meu coração. Mouse é muito engraçada e Walt é aquele amigão de todas as horas.

Dorrit e Tom Bradshaw
Dorrit é aquela irmã caçula rebelde que faz de tudo para infernizar a vida da irmã e do pai desde que a mãe se foi. Carrie tentava que a presença da mãe nunca desaparecesse, o que irritava mais a ainda a irmã caçula.

É daquelas irmãs que enche o saco até dizer basta por pirraça mesmo, mas ajuda quando necessário.

O pai de Carrie se assemelha ao meu pai e acho que de muitos outros pais por aí. Ele é compreensivo, mas sabe dar aquele castigo bem dado quando vê que a Carrie pisou na bola.

SOBRE OS CENÁRIOS
Conhecemos uma Manhattan na década de 80, além de toda o dia a dia da Carrie como a escola, a casa dela, a interview magazine e o clube.

SOBRE OS EPISÓDIOS
Os episódios possuem em torno de 45 minutos no máximo. O desenrolar das cenas é muito fofinho de se assistir, então não é uma série cansativa. A Carrie é uma protagonista muito bem desenvolvida, o que torna a série muito melhor de se assistir.

SOBRE A TRILHA SONORA
A trilha sonora não poderia ser diferente do que vemos nos cenários. Ouvimos muitas baladinhas da década de 80, muitas já até conhecidas de outras séries ou filmes.

O QUE ESSA SÉRIE ACRESCENTA NA MINHA VIDA?
Quer motivo maior do que ter o Austin Butler na série? Por favor, né? Hahaha

CURIOSIDADES
A série The Carrie Diary é baseada nos livros da Candice Brushell e conta a adolescência de Carrie e a vida dela antes da série e dos filmes Sex and City.

Tive a curiosidade de assistir a série Sex and City, mas não me prendeu, então não pretendo assistir.

Eu indico a série The Carrie Diaries para quem é fã de Sex and City, óbvio, mas além disso, para quem gosta de assistir uma série para acalmar essa correria loka da vida.

Só nos resta chorar um pouquinho já que a série foi cancelada. Agora é só matar a saudade quantas vezes quiser, né?
Pelo que soube, os livros são quase que um chick lit comum, mais voltado para um romance adolescente do que a vidinha de balada da Carrie Bradshaw de Sex and City, apesar de serem a mesma pessoa hehe.

Apesar de eu não ter gostado muito do season finale, mesmo sabendo o rumo disso desde que comecei a assistir, vamos nos apaixonar muito pela Carrie, Sebastian e toda essa galera que vai ficar no meu core!

Espero que tenham gostado!

Quem já assistiu? Me contem o que vocês acharam!

Beijos, Lah!

Filmes assistidos em Dezembro

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017
via link
Hey gente!

Eu sei que Dezembro mal começou, mas já deu para eu atualizar minha lista de filmes assistidos. Isso significa que teremos parte 2 ou/e parte 3 dessa lista hehe 

TIME LAPSE
Três jovens colegas de quarto, descobrem o cadáver de seu vizinho cientista. Ao inspecionar sua casa, eles se deparam com uma misteriosa máquina que parece fotografar o local com 24 horas de antecedência. Logo eles decidem lucrar com a descoberta, mas o sucesso acaba despertando suspeitas e o trio se vê imerso em uma espiral infernal.
Quando três amigos encontram uma máquina capaz de prever o que irá acontecer 24 horas depois de quando foi tirada, logo tratam de se beneficiarem com isso. Apostas, pinturas e relacionamentos são os principais pontos que esse trio quer melhorar. O problema é que tudo chama atenção, né? O que era para ser sorte, acabou sendo o maior inferno e cada vez mais as coisas ficavam complicadas de se resolverem. 

Foi um filme que me interessei em assistir por indicação da Gabi Brandt. Confesso que não é um dos gêneros que mais gosto, mas resolvi assistir. 

É daqueles filmes que te deixa apreensiva e no final você acaba percebendo que não sabe de nada.

Indico para quem gosta daquele suspense e a velha ficção científica de viagem no tempo. 

NOVEMBER CRIMINALS
Addison tem 18 anos de idade e está terminando o Ensino Médio. Enquanto pensa se deve entrar na universidade, ele leva uma vida cheia de conflitos, vendendo drogas aos colegas e brigando com os professores. Quando Kevin, um colega de turma, é assassinado, Addison decide fazer a sua própria investigação.
Addison adora gravar diário em vídeo e resolve fazer sua própria investigação do assassinato do amigo Kevin quando percebe que a polícia não vai encontrar o culpado.

Apesar da sinopse passar uma imagem de Addison, confesso que isso acabou passando batido enquanto eu assistia. Eu não enxergava essa vida de conflitos, venda de drogas e brigas com professores. SORRY!!! Ficou meio subentendido, sabe?

Com Phoebe, ele era uma pessoa diferente e os dois começaram um rolinho que acabou sendo a coisa mais fofinha do filme. 

Como eu acompanho o Ansel nas redes sociais acabei me interessando mais ainda pelo filme. 

Achei mais um filme normal de se assistir, sem muita novidade. Gostei por ter tido o Ansel e a Chloe.

Não achei que perdi tempo assistindo, mas acho que esperava mais do filme. 

Com o filme lembrei de gravar mais as pessoas que amo, saídas com os amigos, festas etc. Foto é uma recordação, né? Mais vídeo é melhor ainda. Bateu saudade de quando eu costumava gravar muitas ocasiões assim. 

AMOR A TODA PROVA
Cal Weaver (Steve Carell) tem quarenta e poucos anos e leva uma vida perfeita, com um bom emprego, filhos e um casamento com a namorada do colégio, Emily (Julianne Moore). Até que, ao descobrir que Emily o está traindo e quer o divórcio, sua vida desaba por completo. Forçado a voltar ao mundo dos solteiros, ele enfrenta as dificuldades habituais de quem não sabe mais como se portar para se aproximar de uma mulher. É quando entra em cena Jacob Palmer (Ryan Gosling), um amigo que passa a lhe dar algumas dicas.
Sabe quando você vê a capa de um filme todas as vezes que procura por algo e nunca para realmente para assistir?

Esse foi um desses filmes que adiei enquanto pude, nem sei o porquê.

A vida de Cal vira de cabeça para baixo quando sua namorada do colégio, mãe dos seus filhos e amor da sua vida decide pedir o divórcio. 

Quando volta para a vida de solteiros encontra uma leve dificuldade já que nunca fez aquilo realmente. Eis que o gato do Ryan Gosling aparece para alegrar nossos corações. 

O Jacob passa a ser o professor de Cal e o ajuda na arte da conquista.

O problema aparece mesmo quando todos os personagens se encontram, bem como no filme Noite de Ano Novo, quem assistiu vai lembrar. Nesse filme, todos os personagens de certa forma estão interligados e em Amor a Toda Prova vemos um pouco disso. 

No final cada um recebe uma lição sobre tudo o que tem vivido. É bem massa.

Dei altas risadas, não pensei que eu fosse gostar tanto do filme. O elenco é maravilhoso e contamos com  Steve Carell, Julianne Moore, Emma Stone, Ryan Gosling, Kevin Bacon e outros.

Indico para aqueles que gostam de assistir filmes por acaso e acabam adorando.  

Espero que tenham gostado!

Cês já assistiram algum desses? 

Beijos, Lah!

O Grupo Companhia das Letras vai te ajudar no presente de Natal

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017
via link
Hey gente!

Tá procurando aquele presente especial? Vem que tenho uma indicação maravilhosa!

O grupo Companhia das Letras está com uma promoção linda de Natal. O Companhia Indica e uma seleção de livros autografados que vem especialmente para quem você quer presentear. 

No Companhia Indica, a equipe da editora vai indicar as melhores opções para presentar alguém ou se auto presentear, claro hehe Mas é até dia 15 de Dezembro, ein... 

Funciona assim: você entra em contato pelo site da editora falando um pouco sobre quem quer presentear, que tipo de leitura a pessoa gosta e quais são os livros preferidos. Com essas informações, a equipe procura no catálogo a melhor opção de leitura. 

As indicações são individuais, então se você quiser presentear mais de uma pessoa tem que fazer esse mesmo processo outra vez. 

O tempo de resposta é até dois dias úteis.

Se você quiser melhorar o presente ainda mais, é só comprar ele autografado. Isso claro se o livro estiver na seleção de livros autografados disponíveis. O livro vem com o nome da pessoa que você quer presentear. 


A promoção é só até o dia 10 de Dezembro ou enquanto durar o estoque.

Só lembrando: eu aceito livros de Natal, tá? hehe melhor ainda se vier autografado. Quem não ama?

Espero que tenham gostado da novidade!

Beijos, Lah!

Playlist reggaeton de dezembro

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017
via link
Hey gente!

Mês passado fiz uma playlist com músicas estilo reggaeton, mas eu não tinha intenção de fazer a playlist todo mês. Adivinhem? Hoje venho com a playlist reggaeton de dezembro por que acabei percebendo que ando ouvindo muito mais músicas nesse estilo que as demais. Vai ter playlist do mês normalmente, mas eu também queria compartilhar com vocês outros estilos hehe

Natti Natasha, Ozuna - Criminal


Alex Sensation, Ozuna - Que Va


Wisin, Ozuna - Escápate Conmigo


Nacho, Yandel, Bad Bunny - Báilame


J Balvin, Jowell & Randy - Bonita


CNCO - Mamita


Maite Perroni, feat. Cali & El Dandee - Loca


Piso 21 - Besándote


J. Balvin - Sigo Extrañándote


Já conheciam alguma dessas? Sério, tô viciada real!

Espero que tenham gostado!

Beijos, Lah!

3 lições que 2017 me trouxe

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017
via ig @enfimresolvidoblog
Hey gente!

Eu sei que o ano nem acabou, mas 2017 não precisa terminar para as lições aparecerem. Resolvi separar três lições bem pessoais que eu aprendi nesse ano.

NUNCA É TARDE PARA CUIDAR DA SUA SAÚDE
Recentemente descobri que sou quase uma idosa no corpo de uma novinha. Eu digo isso por que nunca fui uma pessoa 100% saudável, de dar inveja a qualquer um. Sempre fui uma criança que pelo menos uma vez ao mês comparecia ao médico com alguma coisa nova. Agora, em pleno 22 anos, devido a minha má alimentação e minha vida sedentária acabei descobrindo da pior forma possível que tenho gastrite e cálculo na vesícula. Comecei sentindo azia, depois passou para dores no estômago toleráveis e por fim as crises de gastrite que me fizeram chorar horrores.

Por que estou compartilhando com vocês? A minha médica falou que se eu não tivesse ido me consultar e fazer os exames o quadro poderia agravar. Quer dizer, se eu continuar comendo aquilo que me faz sentir dores o quadro com certeza vai agravar.

2018 tá aí e você já pode mudar os hábitos alimentares, começar aquela academia (e não desistir, claro!), pode fazer um check up para ver se está tudo ok com você, pode perder aqueles quilinhos que não te pertence. Pode viver melhor! 

Isso me ensinou que eu preciso fazer tudo o que indiquei acima. Qualquer sintoma que vocês sentirem procurem um médico, sério. Eu já estou fazendo minha parte... Fui ao médico, fiz todos os exames solicitados, mudei minha alimentação, comecei a academia, cuidei mais de mim.

DESAPEGAR É O MELHOR A FAZER
Arrisco a dizer que 2017 foi um ano de muitos aprendizados. Percebi que ficar com uma pessoa que não te faz bem não é bom, nem normal. Brigas existem em um relacionamento, mas você mudar por uma pessoa, não te reconhecer mais ou deixar de fazer o que gosta não é legal, nem sacrifício pelo bem do namoro. 

Se você está passando por isso, te digo que isso vai passar. Afinal, tem que passar! O melhor a se fazer é desapegar, se amar acima de tudo, partir para outra.

Quantidade nunca é melhor que qualidade. Você pode namorar por muitos anos e não ser feliz e pode namorar por pouco tempo e ser mais feliz que muitos casais por aí.

Eu acredito que tudo tem um propósito na vida. Se isso aconteceu comigo foi para me tornar mais forte, uma pessoa melhor. Acredito que vai ter alguém do jeitinho que a gente sonha. E olha que eu sonho bem baixo.

Não falo em desapegar só nos relacionamentos. Desapegar daquelas roupas que só estão ocupando espaço no seu armário, daquelas makes que você nem usa, dos livros que você nunca leu e sabe que não vai ler já que sua lista de livros para ler é pior que fila em banco (sempre chega mais um), daquelas pessoas tóxicas que não contribuem para sua vida e só te deixam para baixo, daqueles pares infinitos de sapatos que você comprou por que estava em promoção, mas não tem pretensão de usar etc.

ORGANIZAÇÃO É VIDA
Uma das minhas metas para 2017 era ser uma pessoa organizada. Com certeza fui mais organizada que 2016 e estou muito orgulhosa de mim.

Ser uma pessoa organizada fez de mim uma pessoa menos esquecida (eu sou muito esquecida de verdade), pois eu anotava tudo o que eu tinha que fazer, o problema na real era quando eu esquecia que tinha que olhar a agenda. 

Disponibilizei alguns arquivos para vocês também conseguirem se organizar, inclusive já liberei o planner 2018, ein!!! hehe

Espero que tenham gostado!

E aí? Quais são as lições que 2017 trouxe para vocês? Me contem!

Beijos, Lah!