Resenha do filme SPF-18, original Netflix

segunda-feira, 30 de outubro de 2017
Hey gente!

Sabe aqueles filmes que você encontra por acaso e acaba de assistir com um sorrisinho bobo no rosto? Acabei me deparando com o filme SPF-18 no catálogo da Netflix e comecei a assistir por ter o lindinho Noah Centineo que fez o clipe Havana da Camila Cabello e vai ser o Peter K da adaptação da série literária para todos os garotos que já amei nos cinemas
A chegada em Malibu de um músico fracassado e enigmático vira de cabeça para baixo a vida de uma adolescente e seu namorado surfista.
O filme narra a ida de três jovens à Malibu para a casa de nada mais nada menos que Keanu Reeves (o carinha que fez o filme Matrix). Keanu era amigo do pai do protagonista Johnny e acabou emprestando a casa durante alguns dias para o garoto. Lá na praia eles acabam encontrando o Ash, um músico misterioso que muda completamente a história e a vida dos protagonistas.
Ash se junta à Penny, Johnny e a Camilla (prima de Penny) e algo diferente começa a rolar entre todos eles e no final acabam ajudando uns aos outros em busca das respostas da vida. Sabe quando você pensa que você já sabe de tudo na sua vida, mas de repente a vida passa por ti te dando uma bela de uma rasteira, te ensinando que as vezes o melhor é mudar? Então... É mais ou menos essa ideia. Tenho medo de contar mais e acabar dando spoiler, então é melhor vocês mesmo assistirem e se contentarem com essa reflexão.
Penny e Johnny são um casal até lindinho, mas há muito tempo as coisas haviam mudado. Após a morte do pai de Johnny, Penny ficou ao lado do amigo e eles estavam juntos desde então. 

O filme já começa com a narração ala Nerve, que achei interessante. Na narração explicava como estava a relação do casal e nós até percebíamos qual seria o desfecho deles, além de algumas informações que o telespectador precisava saber para entender a história. Ao mesmo tempo, o narrador conversava com os personagens semelhante a série Jane The Virgin
Eu comecei assistindo sem muita expectativa e até pensei que podia mudar o rumo da história que nem no filme Fica Comigo, que começou bem adolescente e terminou num suspense. Mas SPF-18 começa estilo adolescente e termina assim. É um filme bem gostosinho de assistir.

A trilha sonora é incrível, além das imagens de Malibu que são de se apaixonar e querer ir pra lá também.
Eu não sei se foi devido ter o Noah, se foi pela tensão de final de período ou por que o filme é realmente bonzinho, mas eu adorei o filme e serviu perfeitamente para aliviar meu nervosismo pré última prova do período na faculdade e de quebra ainda dei uns sorrisinhos bobos. 

Não tem muito o que falar sobre o filme. Ele não vai mudar a sua vida, mas eu até que gostei de acompanhar essa galera. É daqueles filmes que você encontra aleatoriamente e gosta de assistir. Indico para quem gosta de filmes com temáticas adolescentes.

Espero que tenham gostado!

Quem já assistiu? O que vocês acharam?

Beijos, Lah!

Resenha do livro Fazendo meu filme 1 - Paula Pimenta

sexta-feira, 27 de outubro de 2017
Hey gente!

Lembram da minha wishlist de livros para comprar no black friday de dois anos atrás? Comprei os livros da Paula Pimenta e estava muito ansiosa para compartilhar com vocês o que achei de cada um.

Eu já li todos, mas ainda não tinha parado para contar minha opinião aqui no blog.

Começando por esse amorzinho que recebi muitas indicações. A literatura voltada para adolescentes é uma das minhas preferidas (se não for a preferida mesmo haha) apesar de não estar mais nessa fase.

Título Original: Fazendo Meu Filme #1
Autora: Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
Número de Páginas: 336
Ano: 2009
Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. “Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.
Inicialmente conhecemos a Stefânia (ou Fani, como ela prefere ser chamada). A Fani é a protagonista da série e narra acontecimentos de sua vida que milhares de outros adolescentes também estão passando, já passaram ou ainda passarão.

Quando um intercâmbio aparece bem na frente da Fani, a garota fica na dúvida se vai aproveitar a terra da rainha ou ficar com a rotina que construiu, com seus amigos, sua família e com o Leo, seu melhor amigo (e que estava se apaixonando).

Eita, estudar um ano na terra da rainha e deixar toda sua vida para trás?

Uma adolescente repleta de amigos, uma paixão platônica inexistente e tudo o que uma adolescente ficaria feliz em ter, não podia abandonar tudo e simplesmente passar um ano fora. Será que todos iriam esquecer dela?

Eu posso dizer que se fosse euzinha ganhando essa oportunidade de ouro hoje, jamais teria nem tempo para ficar na dúvida, mas se a oportunidade tivesse chegado na minha adolescência eu também teria as piores dúvidas como a Fani e até cogitaria nem ir.  

Já falei diversas vezes por aqui que na adolescência parece tudo mais difícil, mas não é. Essa fase passa e depois até rimos de tudo isso. 

Ela teve a certeza que queria viajar quando percebeu que, na verdade, o príncipe era um sapo e teve aquela velha desilusão amorosa, devido a sua paixão platônica inexistente que citei.

O problema todo foi que quando tudo estava finalmente se acertando ela percebeu que estava gostando mesmo era do seu melhor amigo Leo, apensar de não acreditar no que suas amigas diziam.

Mas agora não dava para voltar atrás das suas escolhas e ela precisava passar um ano longe de todos, inclusive do Leo.

Também conhecemos melhor a Natalia, Priscila e Gabriela, melhor amiga da Fani. Além do Rodrigo, namorado da Priscila e Leo, seu melhor amigo. Além da família da Fani, seus dois irmãos (Alberto e Inácio), seus pais e seus sobrinhos.

O Alberto é tão legal a ponto de que se não fosse irmão da Fani eu queria que fosse namorado dela, sorry ahaha

A vida da Fani não é muito diferente dos demais adolescentes. Repleto de conflitos e confusões.

Minha classificação: 5 de 5.

É uma leitura agradável, que para quem já passou situações semelhantes vai render alguns sorrisos ou para quem ainda não passou já vai preparando o terreno, por que um dia passará também.

São quatro livros da série fazendo meu filme, então a Fani ainda tem muita história para contar.

O Leo demonstrou ser um amor de pessoa de início, daqueles que você deseja encontrar um dia.

Passei o carnaval lendo e como eu já passei por isso não teve tanto impacto do que teria para um adolescente. Eu certamente teria amado se tivesse lido quando lançou, que eu teria uns 13, 14 anos.

Mesmo assim, é uma série que eu amo! Indico a série para quem gosta de romances adolescentes. A Paula Pimenta é rainha nisso.

Espero que tenham gostado!

Quem já leu? Me contem o que vocês acharam!

Beijos, Lah!

Vai ter Black Friday na loja AMARO

quarta-feira, 25 de outubro de 2017
Hey gente!

Simmm, isso mesmo que vocês acabaram de ler: a loja AMARO vai entrar na onda do Black Friday e podemos comprar várias peças amorzinhos com o preço muito melhor!

O Black Friday é costume no exterior, ocorre um dia depois da Ação de Graças. É um dia inteiro de promoções. Nesse ano ocorre dia 24 de Novembro.

Tem promoção em todo o site da AMARO e eu já separei as peças que não podem faltar. É aquela oportunidade começar 2018 com roupas novas, sim ou claro?! As minhas prioridades na moda esse ano são sapatos, saias e blusas. E a de vocês?
As promoções do Black Friday também estão nas lojas parcerias da AMARO como a Dafiti e nos Guide Shops de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. 

Espero que tenham gostado!

O que vocês planejam comprar? Me contem!

Beijos, Lah!

Desafio 101 coisas em 1001 dias

segunda-feira, 23 de outubro de 2017
Hey gente!

Eu já havia falado por aqui que eu queria fazer o desafio de 101 coisas em 1001 dias, mas achei que seria pessoal demais para eu postar no blog.

Eis que resolvi adaptar minha lista e fazer uma segunda lista. Ou seja, tenho uma lista bem pessoal (trabalhando com nomes e tudo) e essa aqui que é bem geral e que posso compartilhar com vocês. 

Vocês provavelmente já sabem do que se trata esse desafio, mas para quem ainda não sabe o desafio 101 em 1001 dias consiste em fazer uma lista com 101 coisas para realizar em 1001 dias, ou seja, tenho quase três anos para riscar todos esses pontos da minha lista

Início: 23/10/2017 - Final: 20/07/2020 - Duração: 2 anos, 8 meses e 25 dias

Cuidados com a Saúde
1- Mudar a alimentação
2- Voltar aos 60kg
3- Ir ao Gastro
4- Ir ao Dentista
5- Ir ao Ginecologista
6- Ir ao Cardiologista
7- Ir ao Oftalmologista
8- Começar a caminhar
9- Entrar na academia
10- Doar sangue
11- Acordar cedo regularmente
12- Fazer pilates
13- Usar protetor solar diariamente
14- Comer menos doce

Blog e Redes Sociais
15- Chegar aos 5 mil seguidores no pinterest
16- Chegar aos 3 mil seguidores no instagram
17- Chegar aos mil seguidores no blog
18- Conseguir parceria com alguma editora
19- Comprar o domínio do portfólio
20- Seguir o cronograma de postagens
21- Criar cronograma de fotos no instagram
22- Anotar as estatísticas do blog e redes sociais
23- Ser mais organizada com o blog
24- Mudar o layout do blog
25- Responder todos os comentários
26- Fazer DIYS
27- Publicar mais na fanpage

Sonhos
28- Começar a trabalhar
29- Mudar de cidade
30- Dividir apartamento com amigos

Projetos
31- Anotar momentos felizes em um potinho durante um ano
32- Tirar fotos de momentos importantes
33- Escrever um diário (ou cartas com momentos que eu quero lembrar)
34- Preencher um controle de hábitos todo mês
35- Fazer um caderno da gratidão
36- Escrever uma carta bem pessoal contanto o balanço do ano anterior e desejos e planos para o próximo ano
37- Listar 100 coisas que me fazem feliz

Desapegar
38- Doar roupas
39- Doar as bijuterias que não uso mais
40- Doar sapatos que não uso
41- Doar livros que nunca li
42- Ser mais desapegada com as coisas

Aleatoriedades
43- Dar alguns presentes sem datas especiais
44- Escrever e entregar cartas
45- Assistir 10 séries durante o projeto 
46- Ler muitos livros durante o projeto 
47- Assistir um filme de cada letra do alfabeto
48- Conseguir assistir um filme em inglês sem legenda
49- Conseguir ler um livro em inglês
50- Conseguir ler um livro em espanhol
51- Conseguir organizar o pendrive
52- Guardar documentos em cd para tirar do pendrive
53- Fazer um home Office
54- Aprender a cozinhar
55- Sair mais com os amigos
56- Dar/receber uma festa de aniversário
57- Pegar uma cartinha de natal dos Correios
58- Conhecer algum escritor pessoalmente
59- Conhecer algum famoso pessoalmente
60- Escrever contos
61- Ganhar um buquê de flores
62- Ser mais corajosa
63- Ir ao cinema com mais frequência
64- Elogiar mais as pessoas
65- Não procrastinar
66- Catalogar os livros que tenho em formato de ebook
67- Fazer o aniversário de alguém
68- Fazer o segundo furo na orelha

Viagens
69- Viajar com os amigos da faculdade
70- Ir para o galo da madrugada em Recife
71- Fazer uma viagem legal com a família
72- Viajar para Disney
73- Conseguir ir a algum show de artista internacional
74- Comprar um objeto para cada viagem que eu fizer
75- Viajar sozinha
76- Passar carnaval com amigos

Aquisições
77- Comprar um celular novo
78- Conseguir juntar dinheiro para viajar
79- Comprar um notebook novo
80- Comprar um óculos de sol
81- Trocar o óculos de grau
82- Comprar um patins
83- Revelar fotos
84- Comprar um gaveteiro

Finanças
85- Conseguir colocar um real todo dia no cofrinho
86- Não gastar mais de R$150,00 por mês
87- Anotar todos os meus gastos diários por mínimo que seja

Estudos
88- Fazer curso de inglês
89- Fazer curso de francês
90- Fazer curso de espanhol
91- Fazer intercâmbio para estudar inglês
92- Começar o curso de inglês online (pela faculdade)
93- Passar um período sem reprovar na faculdade
94- Estagiar novamente
95- Terminar a faculdade
96- Fazer cursos online

Amor
97- Conhecer alguém legal
98- Viajar a dois
99- Fazer planos a dois
100- Se apaixonar

Desejo
101- Conseguir realizar todo o desafio e não deixar tarefas pendentes

Espero que inspirem vocês também!

Beijos, Lah!

4 tendências que gostei de usar

sexta-feira, 20 de outubro de 2017
via link
Hey gente!

Resolvi separar quatro tendências de quatro categorias diferentes que gostei de usar. É de certa forma uma extensão da postagem de seis tendências que quero continuar usando.

ÓCULOS COLORIDOS
via link
Levanta a mão quem também ficou na dúvida se aderia ou não essa tendência \o/ hahaha. Eu sempre usei óculos convencionais (o pretinho ou marrom), mas quando vi que os óculos de sol coloridos iriam chegar chegando, optei por usar tons pasteis como rosa quartz que adoro.

SANDÁLIAS COM SALTO TRATORADO
via link
Eu comecei a me apaixonar quando vi a blogueira Karol Pinheiro usando. Sem dúvidas iriam criar vários tipos de sandálias nesse estilo. Podemos encontrar tênis, sandálias com salto, rasteira etc.

Há muita gente que não curte, mas particularmente eu adoro, pois, além de ser um estilo lindo, é muito confortável.

BLUSAS DE MANGA POR BAIXO DE REGATAS (SOBREPOSIÇÃO)
via link
Outra tendência que muita gente ficou com o pé atrás de usar. Sou daquelas que ama nos outros, mas as vezes não gosta quando veste. O melhor disso é que dá para misturar várias blusas e montar diferentes looks.

Eu adoro usar uma blusa branca por baixo e alternar nas blusinhas de alça. Já vi modelos de veludo, cetim, couro fake e por aí vai...

REGATA CAVADA NA LATERAL
via reprodução
Sabe aquela regata cavada da moda fitness que você usa para ir treinar? Todo mundo começou a usar para ir para os rolês e não é que eu também gostei de sair assim? 

O melhor é que dá para utilizar aquela blusa que você nem usava tanto e dar aquele update para usar com aquele sutiã maravilhoso que você também tinha comprado e nem usado.

Espero que tenham gostado!

Quais as tendências que vocês mais gostaram de usar? Me contem!

Beijos, Lah!

Lista de Empréstimos para Download

quarta-feira, 18 de outubro de 2017
Hey gente!

Aqui estamos com mais um printable para salvar nossas vidas. Outro que  minha irmã pediu e achei que vocês também precisariam. 

Se você tem costume de emprestar livros, apostilas, dinheiro, dvds etc para seus amigos e familiares esse printable é perfeito para você.

SOBRE O DOWNLOAD:
Para fazer o download das listas de empréstimos basta clicar no link abaixo, onde irá direto para a página do google drive. 


SOBRE O USO DAS LISTAS DE EMPRÉSTIMOS: não pode ser usado para fins comerciais (por hipótese alguma pode vender esse arquivo, sendo processado por isso) e caso você queira reblogar, coloque os créditos e link dessa postagem, ou seja, não poste como se o arquivo fosse seu.

Para quem caiu de paraquedas por aqui, já temos uma listinha de downloads, espero que gostem! 


Bom uso a todos. 

Quem gostar do freebie do mês siga o blog (participar deste site) e as redes sociais também, para que possamos criar mais e mais printables.


Espero que tenham gostado!

Não esqueçam que se vocês tiverem alguma sugestão basta falar nos comentários viu?

Beijos, Lah! 

Livros para ler em Outubro

segunda-feira, 16 de outubro de 2017
via link
Hey gente!

Como esperado, trouxe quatro indicações de leitura para o mês de Outubro! São livros que quero muito ler e que entram para minha meta de leitura de 2017. 

Para quem ainda não viu, indiquei no mês de Maio, Junho, Agosto e Setembro.
Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente. Mas será que o papel escolhido é aquele que ela realmente quer representar?

Com sua língua afiada e seu temperamento rebelde, Sage Fowler está longe de ser considerada uma dama — e não dá a mínima para isso. Depois de ser julgada inapta para o casamento, Sage acaba se tornando aprendiz de casamenteira e logo recebe uma tarefa importante: acompanhar a comitiva de jovens damas da nobreza a caminho do Concordium, um evento na capital do reino, onde uniões entre grandes famílias são firmadas. Para formar bons pares, Sage anota em um livro tudo o que consegue descobrir sobre as garotas e seus pretendentes — inclusive os oficiais de alta patente encarregados de proteger o grupo durante essa longa jornada. Conforme a escolta militar percebe uma conspiração se formando, Sage é recrutada por um belo soldado para conseguir informações. Quanto mais descobre em sua espionagem, mais ela se envolve numa teia de disfarces, intrigas e identidades secretas. E, com o destino do reino em jogo, a última coisa que esperava era viver um romance de tirar o fôlego.
Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo e lindo Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... 

Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.

Espero que tenham gostado!

Quais livros você indica?! Me contem nos comentários!

Beijos, Lah!

Playlist - Músicas da série Shadowhunters

sexta-feira, 13 de outubro de 2017
via link
Hey gente!

Eu sou a louca das músicas, vocês devem saber. Sempre estou postando playlists por aqui e resolvi fazer algo diferente do que costumo fazer.

Geralmente posto uma playlist por mês (ou até duas) com as músicas que mais escuto no decorrer daquele mês.

Quando falei sobre a série Big Time Rush, por exemplo, fiz uma playlist com as músicas que eu mais gostei e já tem outras séries que eu vou resenhar no blog que também tem músicas que não saem da cabeça.

Ou seja, sempre que eu assistir a alguma série que tenham músicas que não saem da minha cabeça vou trazer aqui pra vocês algumas delasCapisce?!

Começando pela série Shadowhunters que eu resenhei em abril e estou revendo, sorry!

RUELLE - MONSTERS

Atire a primeira pedra quem já assistiu a Shadowhunters e não ficou com essa música rodando pela cabeça.

Monsters é a primeira música que ouvimos na série. A cena é da primeira missão que vemos de Jace, Alec e Izzy para caçar um demônio (também o primeiro que eles matam na série) e acabam esbarrando em Clary.

RUELLE - THIS IS THE HUNT

Essa não podia faltar. É o tema de abertura da série.

ALBERTO ROSENDE - FRAGILE WORLD

O Simon (um dos meus personagens preferidos) tem uma banda ou pelo menos tenta manter uma. Na segunda temporada ele faz uma apresentação solo com essa música e a gente fica como? Mais apaixonadas ainda pelo Alberto!

RUELLE - INVINCIBLE

Outra música do comecinho, quando Jace e Clary vão ajudar Simon que acabou se metendo em uma confusão, sem querer.

A playlist poderia se chamar facilmente de playlist Ruelle, já que a maioria é dela.

Ruelle é um projeto desenvolvido pela Maggie Eckford. O trabalho é tão bom que além da trilha sonora de Shadowhunters, ela escreveu músicas para Revenge, The Walking Dead e Scream.

Espero que tenham gostado!

Quem aí já assistiu? Qual a música que não sai da cabeça de vocês? Me contem!

Beijos, Lah!

Os tipos de saia que eu amo

quarta-feira, 11 de outubro de 2017
via link
Hey gente!

Não sei vocês, mas eu sou uma adepta de saias ever! Sempre tenho uma específica para cada tipo de compromisso. 

Resolvi separar quatro tipos de saias que eu adoro e contar um pouco em que ocasião eu usaria.

SAIA MIDI
via reprodução
O modelo midi não é o que eu mais uso, mas sou muito fã. Eu sempre uso quando quero ficar elegante, mas ao mesmo tempo informal nem tão chique assim (deu para entender? hahaha). 

O comprimento da midi é abaixo do joelho e por isso mesmo tem muita gente que não usa por ser baixinha por exemplo. Eu tenho 1,60 e AMO usar saia midi (eu sou baixinha)! Se você também gosta não tem problema nisso, usaaaaa!!!

SAIA JEANS
via reprodução
Eu adoro ir de saia jeans para a faculdade. Além de ficar com um look lindo, é daqueles looks fresquinhos que dá para combinar com diversas peças, tanto sandálias quanto tênis, mochila ou bolsas etc.

SAIA GODÊ
via link
São as famosas saias rodadas, tenho várias e achei que fica estilo princesinha por ter essa armação toda que nem os vestidos das princesas. Sempre uso naqueles rolês com os amigos já que sem dúvidas fica um look arrumado!

SAIA LÁPIS
via reprodução
Eu adoro as saias famosas saias lápis. São aquelas que são coladas no corpo (meio bandagem). Podem ser de diversos comprimentos, mas minhas preferidas são as curtas e as com fendas. Nada muito chamativo.

Eu gosto de usar para sair com os amigos e ir para a faculdade.

Espero que tenham gostado!

Quem também é #teamsaias?

Beijos, Lah!

O que achei da série Riverdale

segunda-feira, 9 de outubro de 2017
Hey gente!

Lembram quando falei que queria iniciar (pelo menos) algumas séries novas? Separei duas que eu queria muito assistir e aqui estou já para contar o que achei da série Riverdale, que finalizei bem rapidinho.
Riverdale traz uma abordagem subversiva de Archie (KJ Apa), Betty (Lili Reinhart), Veronica (Camila Mendes), Jughead Jones (Cole Sprouse), Josie (Ashleigh Murray) e seus amigos, explorando o surrealismo de uma pequena cidade e seus curiosos habitantes. A história começa quando a cidade se recupera de uma trágica perda, o que leva Archie a pensar mais seriamente a respeito de seu futuro. Com isto, ele embarca em uma jornada em busca de realizar o seu sonho de tornar um grande músico; mas cumprir essa missão não será nada fácil, enquanto Archie ainda precisa lidar com sua agitada vida amorosa, dividido entre Betty e Veronica.
SOBRE A SÉRIE
Basicamente, a pacata cidade de Riverdale é aquela onde popularmente Judas perdeu as botas. Quando Jason Blossom (garoto popular, filho da família assustadoramente mais importante de lá) morre misteriosamente, todos começam a se questionar o que verdadeiramente aconteceu naquele dia 4.

A história começa por aí, mas a cada episódio mais mistérios surgem e você acaba descobrindo que não sabe é de nada.
Archie quer lutar pelo seu sonho de viver de música e nesse meio tempo tenta recuperar a amizade com seu melhor amigo Jughead, mas quando Veronica, a garota rica de New York aparece, fica mais complicado de acontecer algo entre Archie e Betty.

E minha nossa, quem matou o Jason Blossom?!

SOBRE OS PERSONAGENS
Os protagonistas são Archie, Betty, Veronica e Jughead.

Archie Andrews:
O queridinho Archie é interpretado pelo KJ Apa. Não tem como não gostar dessa fofura, não é mesmo? O personagem é amigo, honesto e lindo. Precisa de mais o que, mundo? Não sei como ele é na HQ, mas na série ele foi a pessoa mais de paz que você respeita.

Betty Cooper:
Ainda não compreendi totalmente a Betty. De início ela era aquela garota quietinha, mas foi mudando e tornou a Betty determinada que conseguiu destrinchar o mistério que rondou a pacata Riverdale.

De início também achei ela chatinha, mas conseguiu melhorar.

Veronica Lodge:
Temos o BR sendo bem representado em Riverdale, mundo!!! Vocês sabiam que os pais da Camila Mendes são brasileiros? Apesar dela não ser brasileira, a garota fala português muito bem.

Sobre a personagem da Camila, achei a Veronica de caráter duvidoso no começo. Ela mesmo deixou isso claro quando apareceu, mas seu intuito era tentar ser uma pessoa diferente. Será que a Veronica é boa ou ruim? Vocês precisam assistir hehe

Minha irmã fez isso comigo. Como ela já tinha assistido, resolveu que eu mesma que deveria tirar minhas conclusões a cerca do caráter da V, então de certa forma assisti a série com uma pulguinha atrás da orelha. Talvez isso aconteça com vocês também.

Jughead Jones:
Sorry world, mas o Jug é meu personagem preferido. Já temos a tendência de gostar do mocinho Archie, mas gostei de cara do Jughead.

Ele é aquele cara calado, classificado como estranho e de certa forma excluído. Mas o que ninguém sabe é pelas coisas que o garoto passou e por muitas vezes precisou ficar calado, sem ter ninguém com ele.

Isso mesmo fez com que eu gostasse mais dele. Se ele vai mudar na segunda temporada? Não sei, mas estou contando minha opinião sobre o que eu vi nesses 13 episódios da primeira temporada.

Jughead é o narrador da série e nesse meio tempo ele narra a história que escreveu sobre a morte de Jason Blossom.
Também conhecemos outros personagens como Cheryl Blossom, irmã de JasonJosie McCoy, filha da prefeita e vocalista da banda Josie e as gatinhas. Achei que a Josie apareceu bem pouco na trama, apesar dela ser considerada uma das protagonistas. A Poppy (irmã de Betty e namorada de Jason) apareceu bem mais. Como falei anteriormente não sei como ela era representada na HQ, mas estou falando sobre ela referente a série.

De um todo, achei legal a escolha dos atores.

SOBRE OS CENÁRIOS
Apesar de se passar nos dias atuais, vemos muitas referências de quando The Archies foi produzido. Os carros, a lanchonete Pop's e o xerife por exemplo continuam com a pegada retrô, mas as roupas, os celulares e notebooks são de atualmente. Meio que a produção decidiu mesclar os dois.

SOBRE OS EPISÓDIOS
Possui uma média de 45 minutos por episódio. Confesso que parece uma infinidade por cenas tão intensas.

SOBRE A TRILHA SONORA
A trilha sonora é bem eclética e funciona como o cenário, mesclando musicas antigas e atuais.

O QUE ESSA SÉRIE ACRESCENTA NA MINHA VIDA?
Ai gente, eu insisto em colocar esse tópico na lista por que minha irmã sempre me fala que gosta de assistir as séries que vão ensinar algo a quem assistir. Não sei o que ela anda assistindo, mas além do valor das amizades e percepção de assassinatos, essa série não vai acrescentar nada de importante na sua vida, assim como as demais que você provavelmente anda assistindo.

CURIOSIDADES
Riverdale é uma adaptação do desenho Turma do Archie que passou na década de 60.

É daquelas séries que a cada episódio tem um novo mistério que altera tudo o que você estava imaginando.

A primeira temporada de Riverdale tem apenas 13 episódios, já a segunda temporada que volta dia 11 de outubro terá 22 eps. A série será transmitida simultaneamente no BR pela Warner Channel.

Espero que tenham gostado!

Quem já assistiu?

Beijos, Lah!

Três peças que uso muito na faculdade

sexta-feira, 6 de outubro de 2017
via pinterest
Hey gente!

Acho que a melhor diferença entre colégio e faculdade é que na faculdade podemos usar roupas normais e não a famosa farda. Não sei como era no colégio de vocês, mas no meu eu precisava ir com a calça e blusa da farda além do tênis branco ou preto. 

Resolvi separar três peças que uso muito atualmente na faculdade e contar um pouco para vocês.

BOLSA E MOCHILA
via link
Uma bolsa é indispensável para qualquer pessoa que anda com muita coisa, tipo eu hehe Eu preciso levar carregador de celular, óculos, algum livro para ler nas horas vagas, lápis, dinheiro, caderno, notebook as vezes etc. Imagina tudo isso indo só na minha mão, sem eu precisar guardar nada. No mínimo eu voltaria para casa sem a metade de ir perdendo por onde passava.

Existem vários tipos de bolsas e mochilas para adaptar o gosto de todo mundo. Eu uso muito mais mochila devido o tamanho mesmo, mas não dispenso uma bolsinha lateral.

TÊNIS
via link
Eu sou estudante de engenharia e eu vou de shorts e havaianas para a faculdade, sorry. De cinco dias de aula, vou no mínimo dois assim. Tem muito daquela história que você já precisa se comportar como engenheiro enquanto faz faculdade e não apenas quando sair. Mas diga isso para uma pessoa que sai de casa de manhã e só volta depois das dez horas da noite que eu quero ver você mudar de opinião.

É muito cansativo para qualquer estudante que tem essa rotina se arrumar como engenheiro propriamente dito. E ainda mais a cidade que eu moro é muito quente, no mínimo 35 graus, então me perdoem, mas são pouco os dias que eu vou arrumadinha para a faculdade. 

Nesses dias que vou arrumadinha eu não dispenso um tênis nunca. Além de confortável, acho bonito. 

VESTIDO
via link
Como por aqui é muito quente mesmo, sempre procuro usar roupas fresquinhas, por isso sempre acabo usando vestidos. Nesses dias combino o vestido com uma rasteirinha que também amo.

Espero que tenham gostado!

Vocês gostam de se arrumar para ir para faculdade ou qualquer roupa fica boa?? haha

Beijos, Lah!

2 séries que quero começar a assistir ainda esse ano

quarta-feira, 4 de outubro de 2017
via pinterest
Hey gente!

Eu sou feita de fases e tem momentos na minha vida que eu gosto de passar minhas horas vagas (e aquelas que não estão vagas também haha) assistindo séries. 

Separei duas séries que quero muito assistir ou pelo menos iniciar ainda esse ano. 

RIVERDALE
Riverdale traz uma abordagem subversiva de Archie (KJ Apa), Betty (Lili Reinhart), Veronica (Camila Mendes), Jughead Jones (Cole Sprouse), Josie (Ashleigh Murray) e seus amigos, explorando o surrealismo de uma pequena cidade e seus curiosos habitantes. A história começa quando a cidade se recupera de uma trágica perda, o que leva Archie a pensar mais seriamente a respeito de seu futuro. Com isto, ele embarca em uma jornada em busca de realizar o seu sonho de tornar um grande músico; mas cumprir essa missão não será nada fácil, enquanto Archie ainda precisa lidar com sua agitada vida amorosa, dividido entre Betty e Veronica.

THE CARRIE DIARIES
Antes de dominar a cidade de Nova York ao lado das amigas Samantha, Miranda e Charlotte, Carrie Bradshaw (AnnaSophia Robb) passou por todas as questões de uma adolescente comum. Em plena década de 1980, em uma cidade pequena, ela enfrentou a morte da mãe e a revolta da irmã caçula, Dorrit (Stefania Owen), com a ajuda das amigas Maggie (Katie Findlay) e Mouse (Ellen Wong) e do amigo Walt (Brendan Dooling). Após conseguir um estágio em uma firma de Manhattan e reencontrar uma antiga paixão, Sebastian Kydd (Austin Butler), Carrie irá começar a descobrir as regras do amor e do sexo...

Espero que tenham gostado!

Vocês já assistiram a algum dos indicados? Me falem o que acharam!

Beijos, Lah!

O Grupo Companhia das Letras vai lançar o livro de Hank Green no Brasil

segunda-feira, 2 de outubro de 2017
Hey gente!

Já souberam da novidade??? O Grupo Companhia das Letras vai lançar o livro de Hank Green no Brasil!

Hank Green é Vlogueiro, produtor e músico, mais conhecido pelo canal Vlogbrothers, criado com seu irmão John Green e lançará em 2018 seu primeiro romance. An Absolutely Remarkable Thing (ainda sem título em português) tem lançamento previsto nos EUA para o segundo semestre de 2018.

O romance conta a história de April May, uma estudante de arte que vive em Nova York e tem um encontro inusitado com uma gigantesca estátua de robô em plena Manhattan. Com a ajuda de um amigo, Andy Skampt, ela filma a criatura e o batiza de Carl. Quando o vídeo viraliza, April descobre que há vários “Carls” espalhados por dezenas de cidades em todo o mundo, e ninguém sabe como eles chegaram lá. April se vê no centro desse mistério, e tenta descobrir o que esses robôs gigantes são, e o que querem da Terra.

Original e envolvente, An Absolutely Remarkable Thing trata de temas importantes para os dias atuais: como lidamos com o medo e o desconhecido e, principalmente, sobre como as redes sociais estão mudando o modo com que lidamos com a fama, a retórica e a radicalização.
Hank Green sabe muito bem o que é ser uma figura pública da internet. Ele começou a fazer vídeos no YouTube em 2007 com seu irmão, John Green, autor de best-sellers como A culpa é das estrelas e Cidades de papel. Desde então, a dupla conquistou uma grande comunidade de fãs, conhecidos como Nerdfighters, ao falar sobre ciência e cultura pop. Seus vídeos, incluindo os produzidos pela sua produtora educacional, já ultrapassam a marca de 2 bilhões de visualizações.

Sobre o livro, Green afirma que “estamos vivendo em um momento realmente esquisito, e a história de April ajuda a esclarecer essas estranhezas que parecem ficar cada vez mais normais. É uma história que eu queria contar há muito tempo, bastante inspirada nas minhas experiências pessoais, mas é a história da April, e foi um prazer vê-la viver essa vida notável”.  

Hank Green é CEO da Complexly, uma produtora que cria conteúdos educacionais como os canais Crash Course e SciShow. Os vídeos da Complexly já receberam mais de 2 bilhões de visualizações no YouTube.  Ele é co-criador da websérie The Lizzie Bennet Diaries e co-fundador de uma série de pequenos negócios como o DFTBA.com, que ajuda artistas e criadores de conteúdo a venderem seus trabalhos na internet, e a VidCon, maior conferência de criadores de vídeos para internet do mundo. Em 2017, a VidCon teve 40.000 participantes em eventos espalhados em cidades como Anaheim, Amsterdam e Austrália. Hank e John Green também criaram o Project for Awesome, que no ano passado levantou mais de $2,000,000 para entidades carentes como Save the Children e Partners in Health. Hank vive em Montana com sua esposa, seu filho e seu gato. 

Espero que tenham gostado da novidade! 

Eu estou muito ansiosa para o lançamento e vocês?

Beijos, Lah!