enfim resolvido

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Resenha do livro Mil beijos de Garoto - Tillie Cole


Hey gente!

Recentemente navegando pelo skoob vi que esse livro estava em primeiro lugar como o mais buscado do dia, fui conferir o link por que gostei da capa e quando abri a página do livro vi que mais de 1600 pessoas haviam marcado como "quero ler". Fiquei curiosa e resolvi ler também, né?

Literalmente é o livro mais triste e lindo que li, então resolvi contar a vocês o que achei dele. Mil Beijos de Garoto foi lançado recentemente no país pela editora Planeta.

Título Original: A Thousand Boy Kisses
Autora: Tillie Cole
Editora: Outro Planeta
Número de Páginas: 400
Ano: 2017
Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.
Poppy e Rune se conheceram ainda quando crianças, quando Rune se mudou para a casa vizinha de Poppy. Desde os cinco anos de idade, a ligação entre eles surgiu e começaram uma linda história de companheirismo e amor.

Antes de sua avó falecer, ela deu uma nova aventura a Poppy: recolher mil beijos do garoto mais especial que ela podia conhecer, aquele que seria seu para sempre, assim poderia contar aos amigos, filhos e netos como se sentiu naquele momento. 
Você vai ter um frasco de tesouro de todos os beijos preciosos que fizeram o seu coração disparar.
Vemos como os protagonistas se conheceram, a primeira aventura e o primeiro beijo deles, isso sendo narrado por crianças de 5 anos e MINHA NOSSA, essas crianças falam melhor que eu atualmente.

Aos 15 anos, o pai de Rune foi transferido no trabalho e ele precisou voltar para a Noruega (cidade natal) e ficar lá por dois anos. Dois anos que para Poppy e Rune passariam muito rápido por que eles iriam continuar mantendo o contato e agindo como se eles não estivessem distantes um do outro.

Sendo que aos poucos Poppy cortou esse contato sem dizer absolutamente nada a Rune, sem nenhuma explicação. O que causou uma perturbação no garoto, que agora estava agindo como uma pessoa oposta ao que os pais esperavam que ele fosse.
Enquanto todo mundo pensava que a minha família havia deixado a cidade para cuidar de uma tia doente da minha mãe, somente Jorie sabia a verdade.
Pelo que a protagonista falava, eu achava que dava para perceber do que se tratava o motivo de seu sumiço, mas absolutamente era uma coisa pior e isso quebrou meu coração.

Dois anos depois, agora com 17 anos, Rune volta à Georgia e finalmente saberá o motivo do sumiço da Poppy, já que ninguém sabia o que tinha acontecido, só sua melhor amiga Jorie. 

Confesso que além da busca repentina das pessoas por esse livro no Sboob, eu quis lê-lo por que fiquei curiosa para saber o motivo do sumiço da Poppy. 
Beijos número trezentos e cinquenta e quatro. Com o meu Rune, no bosque de flor... e o meu coração quase explodiu.
Achei a ideia do frasco fofinha e queria ter tido ela também. Todos os beijos eram descritos assim: numero do beijo, com quem, onde e o que Poppy sentiu. 

De inicio, achei a história muito melosa. Achei algo irreal crianças falarem tão bem sobre o amor, serem tão sentimentais. Até a tia da Poppy fala algo sobre isso no livro. 
Eu não acho que, em toda minha vida, eu vi duas crianças tão novas se amarem tão intensamente, e ainda mais profundo quando adolescentes.
Eu estava para abandonar a leitura, temendo não aguentar o desfecho da história e também por que eu realmente não queria ver o final.

Eu não conseguia finalizar a leitura. A leitura não foi tão fluída como eu imaginava, até por que eu achava que o livro era uma coisa e na verdade era outra, completamente diferente do que eu imaginava. Na real, comecei a ler pensando que seria uma comédia romântica, mas acabou sendo um drama, que eu não queria ter lido no momento

Eu não conseguia ler durante muito tempo, mas em compensação, tinha partes que eu tirava em carreata e só parava quando ficava triste, um sinal que eu deveria parar e ouvir a playlist do mês e só então continuar a leitura. A leitura é simples e poderia ter lido em um dia, mas eu não consegui e demorei quase uma semana para finalizar.

Uma coisa que me incomodou de início foi que para Poppy, Rune era um deus grego e ela jamais chegaria aos pés dele. Eu acho ok ela falar a percepção dela, mas ficar repetindo isso não rolava, sabe? O Rune mesmo ficava pedindo para ela parar com isso. 

É um livro de constante conflito emocional, um misto de emoções. É um livro fofo e triste ao mesmo tempo. 

Os momentos de Poppy e Rune são muito fofos, mas fofos que parte o coração por saber do que está acontecendo sabe?

Fiquei com muita raiva desse livro por que a autora constrói nosso amor pelos protagonistas e depois destrói tudo

Eu não indico a leitura para quem está triste ou não gosta de livros tristes, por que eu nunca pensei que eu fosse ler um livro que me deixasse tão triste e me fizesse chorar tanto

Achei muito interessante as histórias espirituais que a Poppy acreditava e contava.

A narrativa do livro é feita pelos dois. 

O final (epílogo) parte o coração, mas ao mesmo tempo que é triste, foi um final que eu fiquei satisfeita por algum motivo ainda desconhecido, até por que nem sei minha opinião direito sobre o livro. 

Eu não sei nem como classificar esse livro. Talvez eu não tenha gostado o quanto eu esperava por que não era uma temática que eu queria ler, mas ao mesmo não achei que perdi tempo com a leitura, entendem?

O livro nos faz pensar muito, nos faz chorar e principalmente passa a ideia de aproveitar a vida ao máximo. 

O livro Mil Beijos de Garoto foi indicado ao Goodreads Choice Award de Melhor Ficção Young Adult de 2016.

Espero que vocês tenham gostado!

Me indiquem livros fofinhos e alegres para tirar esse casal fofo da minha mente, PELO AMOR!!!

Beijos, Lah!

0 comentários:

Postar um comentário

Obaaaa, muito obrigada por comentar, volte sempre! Beijoss!

 
© COPYRIGHT 2014-2017. ENFIM RESOLVIDO. ALL RIGHTS RESERVED. DESIGN BY GABRIELA FREITAS