enfim resolvido
  • BLOG

    BAIXE O PLANNER FINANCEIRO

  • Lions

    RESENHA DO LIVRO AZAR O SEU

  • Snowalker

    A MENINA DOS OLHOS MOLHADOS

  • Howling

    RESENHA LIVRO DE REPENTE

  • Sunbathing

    RESENHA PS AINDA AMO VOCÊ

terça-feira, 16 de maio de 2017

Resenha do livro Broken Prince (Série The Royals #2) - Erin Watt

via @enfimresolvidoblog
Hey gente!

Lembram da resenha do livro Princesa de Papel? Broken Prince é o segundo livro da série The Royals e mesmo o primeiro não tendo me agradado muito, resolvi ler o segundo livro.

Título Original: Broken Prince
Autora: Erin Watt
Editora: Direitos adquiridos pela editora Planeta
Número de Páginas: 350
Ano: 2016
Reed Royal tem tudo - aparência, status, dinheiro. As garotas em sua escola privada fazem fila para sair com ele, os garotos querem ser ele, mas Reed nunca deu importância para nada fora sua família até Ella Harper entrar em sua vida. O que começou como um ressentimento aquecido e necessidade para fazer o novo prêmio de seu pai sofrer se transformou em algo completamente diferente - manter Ella por perto. Mas quando um erro idiota a leva para longe dos braços de Reed e traz o caos para a mansão Royal, o mundo de Reed começa a desabar ao seu redor. Segredos. Traições. Inimizades. É algo com que Reed nunca enfrentou antes, e se ele quiser ganhar sua princesa de volta, ele precisará provar que é realmente digno.
[Só para atualizar quem não leu o livro Princesa de Papel]: Basicamente, Ella Harper foi convencida a ir morar com a família Royal após sua mãe falecer e ela estar completamente sozinha na vida. Callum era o melhor amigo do pai dela (que também faleceu) e tornou-se o seu tutor legal. Até aí tudo bem, mas os cinco filhos de Callum estavam completamente dispostos a infernizarem a vida da garota e mesmo com essas circunstâncias ela acabou se apaixonando por Reed... e agora José? A relação dos Royalts com Ella melhorou, mas Reed fez uma burrada master no final e acanalhou a família toda. The End. Ahhh, eu disse a vocês que eles eram extremamente mega ricos

Quando você pensa que as autoras não podem te surpreender, aí que você se surpreende.

Depois da última babaquice master de Reed com Ella, a garota decide não dar mais uma chance ao Royal. Isso até ela ceder aos charmes dele, como fez no primeiro livro.

Ao contrário do primeiro livro que Reed era um completo babaca, começamos a ver sinais de mudanças e seu passado dark sendo revelado. Eu num disse que ele era um Grey da vida?
[Reed] Existe um monte de esqueletos no meu passado que Ella não conhece. Um monte que iria deixa-la absolutamente doente.
Uma das coisas que mais me desagradaram no primeiro livro foi a maneira como Reed tratava Ella, principalmente. Mas isso mudou e conhecemos um Royal mais romântico e disposto a fazer tudo para provar a Ella que ele não está mentindo. É basicamente um cinquenta tons, onde foi notória a mudança no relacionamento dos protagonistas.

O caráter duvidoso de Reed sempre me deixava com uma pulga atrás da orelha, mas a burrada master do primeiro livro foi explicada convincentemente.

As vezes eu penso que quando se é adolescente as pessoas pensam demais, vocês já perceberam isso? Um problema poderia ter sido resolvido brevemente, mas foi mais prorrogado que partida de futebol. 
[Reed] Com Ella, todo o barulho na minha cabeça tinha se acalmado. Agora tudo está desmoronando. Os Royals estão em ruínas, senhoras e senhores. Os gêmeos pararam de falar comigo. Seb deve ter dito algo para Sawyer e agora eles olham para mim como se eu fosse um leproso. East está tentando esquecer sua dor. Gide está zangado com o mundo. E eu? Eu só estou me afogando.
O livro é narrado por Ella e Reed. Gostei muito de ver a visão dos dois. 

Conhecemos uma pessoa legalzinha quando narrado por Reed, mas que continua um tanto babaca sendo narrado por Ella. Essa foi minha impressão. É como se quando Reed narra entendemos o motivo dele ter feito algo e quando Ella narra não conseguimos ver isso, entendem?
[Ella] Eu não fui feita para ser uma princesa rica que vai para a escola preparatória e bebe um copo de mil dólares de champanhe no jantar. Esta não sou eu. 
Easton, apesar de continuar com seus problemas, vira um maninho para a Ella, protegendo-a de qualquer pessoa que possa querer machuca-la, principalmente seu irmão. Gostei do jeito dele.

Os gêmeos continuo sem entender e quanto mais entendo mais sem acreditar eu fico.

Gide não mora com os Royals por que faz faculdade fora, então não aparece no livro tanto quanto Easton e Reed.
[Reed] Passei os últimos dois anos tentando destruir tudo ao meu redor. Quem diria que o sucesso teria um sabor tão amargo.
Sinceramente, achei que o livro foi construído em cima de acontecimentos não muito agradáveis. Eu deixei claro minha insatisfação com o primeiro livro, mas esse romance aparecer assim lindo do nada é desconfortável. O personagem da Ella apareceu um tanto idiota de dar uma chance aos Royals ou a qualquer pessoa que fez coisas absurdas com ela.

Eu pensei que seria um livro bem bombardeado, principalmente por que atualmente se fala muito sobre respeito e violência contra a mulher.

Engraçado que teve uma cena que me senti literalmente assistindo o filme meninas malvadas, quem lembra?

Aston Park estava virando um zoologico com animais altamente perigosos e alguém precisava fazer algo para mudar isso.

Minha classificação: 4 de 5.

O segundo livro foi bem melhor que o primeiro, só por isso já ganha ponto. Me pergunto o que eu teria achado do livro e dos personagens se eu tivesse lido ele primeiro, como se eu tivesse caído de paraquedas nele, sabe? Já aconteceu comigo hahaha

Comemoro por ter descoberto essa série depois que os livros já haviam sido lançados pelas autoras, por que eu não poderia aguentar minha curiosidade de saber o que iria acontecer. Pelo que percebi, os dois primeiros livros acabaram com cenas de não acreditar, espero que o terceiro ou tenha um final magnífico ou não quebre meu coração.

Não foi um livro que amei de coração, mas é aquela história que você não quer parar de ler até finalmente finalizar a leitura da última página.

A linguagem é menos baixa do que o primeiro livro, mas continua um pouco picante.

To ansiosa para a leitura do terceiro livro da série. Muitas surpresas estão por vir, aguenta coração! 

Os direitos foram adquiridos pela editora Planeta, mesma editora que publicou o livro Princesa de Papel e tem publicação prevista para julho de 2017.

Espero que tenham gostado!

Quem leu Princesa de Papel? Curiosos para a leitura do segundo livro?

Beijos, Lah!

0 comentários:

Postar um comentário

Obaaaa, muito obrigada por comentar, volte sempre! Beijoss!

 

criado e codificado para o blog Enfim resolvido
cópia proibida © 2015