enfim resolvido
  • BLOG

    BAIXE O PLANNER FINANCEIRO

  • Lions

    RESENHA DO LIVRO AZAR O SEU

  • Snowalker

    A MENINA DOS OLHOS MOLHADOS

  • Howling

    RESENHA LIVRO DE REPENTE

  • Sunbathing

    RESENHA PS AINDA AMO VOCÊ

domingo, 16 de abril de 2017

Resenha do filme Slam, original da Netflix

Hey gente!

Finalmente estreou o filme Slam. Uma produção original da Netflix. Eu já contei a vocês o quanto eu sou ansiosa e curiosa quando assisto trailers de filmes lançamentos?

Eu tinha visto o trailer na própria Netflix, mas acabei deixando pra lá por que ia demorar a estrear, eis que o grande dia chegou e encontrei o digníssimo em destaque
Ele nasceu de uma gravidez precoce, assim como sua mãe. Será que esse é o destino de todos na família?
Slam é uma adaptação de um livro homônimo de Nick Hornby, que tem a gravidez na adolescência como principal tema

O filme fala sobre Samuel, um garoto de 16 anos que é apaixonado por skates e sua principal inspiração da vida é o skatista Tony Hawk. 

Ele acaba conhecendo a Alice que também tem 16 anos, uma garota com um futuro brilhante pela frente, com imensas oportunidades que podia ter na vida. Eles se apaixonam, começam a namorar, mas de repente, eles vão ser pais. Com 16 anos. A mesma idade que a mãe de Sam engravidou dele. 
O pior de tudo era que antes mesmo de Sam saber o resultado, as coisas entre ele e a Alice haviam ficado estranhas. Aquela euforia de inicio de namoro tinha acabado ou adormecido, talvez? As inseguranças de Sam vieram à tona e ele acabou sem saber o que fazer. 

Antes do fato, a vida de Sam não era tão planejada, mas também com o nascimento da criança acabaria com qualquer planejamento que ele pudesse ter na vida. Já a vida de Alice era toda planejada por seus pais, mesmo que a garota não tivesse pretensão de seguir esse planejamento. 

O casal protagonista são de realidades financeiras diferentes e a mãe de Alice tenta sempre que possível deixar isso claro para ambos. 

Os pais do Sam são separados e ele cresceu ouvindo que ele havia sido um erro na vida deles. Isso era tudo o que Sam não queria para seu filho. 

Como seria a vida dessa criança com pais separados? Como seria a vida dos pais após o nascimento do filho? Eles ainda nem tinham acabado o ensino médio. Como ficaria a relação deles após terem um bebê?
Durante o filme, um livro sobre a vida de Tony Hawk é narrado. Se você não sabe, assim como eu não sabia, ele é um dos maiores skatistas de todos os tempos. E esse livro de certo modo descreve o personagem Sam e também lhe dá alguns conselhos

De início eu não entendia de maneira alguma a história, o desenrolar dos fatos, mas com o passar dos minutos, conseguimos entender qual é o esquema do filme. 

O filme retrata não só a gravidez na adolescência, como também a imaturidade da fase, as decisões que precisam ser tomadas quando uma criança espera outra criança, a responsabilidade de se ter um filho, as inseguranças etc.. 

Não é aquele filme fofinho, estilo hollywoodiano. É um filme italiano, que apesar de eu pensar que seria totalmente sem músicas, encontramos uma trilha sonora e toques de humor. Está certo isso, produção?

Eu não escondo minha insatisfação com filmes que possuem ausência de uma trilha sonora. Sou dessas, não é mesmo? Eu fui acostumada com filmes estilo hollywoodianos e criei essa barreira que me impede de amar algum filme desse tipo que vos falo. 
O humor do filme vem de Sam, por que ele fica desorientado ao saber que vai ser pai, tendo alucinações e isso acaba quebrando o gelo de um assunto tão sério. 

A ideia principal do filme é relatar a maternidade na adolescência. Muita gente pode sentir dúvida em relação a isso, mas mostra que quando se tem um bebê na adolescência não é sinal de que sua vida acabou e que você não pode fazer mais nada por que agora tem um filho, entendem? 

Me deu muita vontade de ser mãe e de saber como é o sentimento de ser mãe. Eu confesso que até os meus 19 anos eu jamais pensaria em ser mãe e pensava igualzinho como muita gente pensa, que acabaria minha vida e meus planos. Mas vendo o filme vemos que o amor prevalece, sabe? Que ser mãe/pai na adolescência não vai estragar sua vida. 

Acho muito importante ter filmes com essa temática, principalmente para adolescentes que estão passando por isso no momento saberem que não é o fim do mundo.

O filme não faz muito tempo que foi lançado nos cinemas da Itália e veio direto para as telinha da Netflix pelo mundo. 

Os protagonistas são Ludovico TersigniBarbara Ramella, eu realmente gostei das escolhas e achei que acertaram. A atuação de ambos foi impecável. 

Indico o filme para quem gosta de um filme leve, mas que ao mesmo tempo conseguimos refletir sobre um determinado tema. 

Espero que tenham gostado!

Me contem se é só a minha pessoa que não gosta de filmes italianos/franceses/grego/alemão? hehe Não é possível. 

Beijos, Lah!

5 comentários:

  1. música do final

    https://www.youtube.com/watch?v=HdAkYCyCZv8

    ResponderExcluir
  2. Acabei de assistir! É maravilhoso, rindo até agora com as trapalhadas do Sam que não sabia nem do que era Ufo, o nome do filho! kkk O começo é estranho, mas depois que engata com as trilhas sonora - que realmente não podem faltar - você não quer mais parar de ver. O final - que promete continuação - mitou! Adorei! Ah! Filmes franceses de comédia também são como esses! Recomendo Beijei uma garota! Maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. yayy obrigada pela indicação! Não sabia que Slam vai ter continuação, mas já quero, aguardarei ansiosamente! haha Beijos

      Excluir

Obaaaa, muito obrigada por comentar, volte sempre! Beijoss!

 

criado e codificado para o blog Enfim resolvido
cópia proibida © 2015