enfim resolvido

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Resenha do filme O espaço entre nós

Hey gente!

Tem algum tempinho desde a ultima vez que indiquei algum filme aqui, não é mesmo?

A real é que nenhum filme novo que eu assisti havia feito eu me sentir diferente dos que eu já havia assistido, além do mais, eu comecei a acompanhar algumas séries e acabei deixando os filmes de lado. 

Eis que apresento a vocês O espaço entre nós. O filme lançamento mais fofinho que você respeita

Eu compartilhei o trailer dele nas minhas redes sociais por que eu estava muito ansiosa para assistir e finalmente aqui estou para contar o que achei sobre. 

TÍTULO ORIGINAL: The Space Between Us
DIREÇÃO: Peter Chelsom
GÊNERO: Romance, Ficção Científica, Drama
ANO: 2017
O adolescente Gardner Elliot (Asa Butterfield) é o primeiro humano nascido em solo marciano. Mas ele deseja fazer uma viagem à Terra para conhecer a verdade sobre seu pai biológico, e sobre seu nascimento. Nesta jornada, ele tem o apoio de Tulsa (Britt Robertson).
De início achei que o filme seria chatinho pelo desenrolar dos fatos, mas comecei a me apaixonar pelo Gardner imensamente e perceber que o filme teria duas horas não apenas para falar sobre teorias, universo, NASA etc. Teria muito do romance que eu estava esperando tanto. 
O filme basicamente conta uma sobre uma expedição que deu origem a um fato nunca visto antes no mundo. Sarah Elliot, uma dos seis astronautas contemplados para morar em marte, descobre que está grávida, isso apenas quando ela chega em solo marciano. 

E agora? Como seria a vida dessa criança, não podendo voltar a terra por diversos fatores que colocaria em risco tanto a vida da mãe quanto do bebê? Poderia ela viver em Marte? SIM!

E foi isso que aconteceu, Gardner cresceu em solo marciano e agora com 16 anos quer conhecer a terra, encontrar seu pai e entender mais sobre sua vida. 
Ele contará com a ajuda de Tulsa, uma terráquea que ele mantinha contato, por quem estava se apaixonando. 

O problema é que não são duas horas de viagens para se encontrarem, são no mínimo sete meses e muitos riscos em jogo. 
Será que Gardner vai conseguir sobreviver na terra? Será que esse amor vai sobreviver? Tulsa e Gardner vão conseguir ficar juntos?

Isso e muito mais, só assistindo ao filme, por que recomendo MUITO! hehe

Minha classificação: 5 de 5.
Não se tem muito o que falar sobre. Talvez seja um fato impossível de ser real? Talvez! 

Mas o filme é muito fofo. O Gardner é muito fofo e romântico. Te faz suspirar várias vezes com a inocência e romantismo dele. 

O cenário é um mundo completamente tecnológico, creio que para conversar com o fato de que tem gente indo morar em Marte. 

Fiquei satisfeita com o final, apesar de eu ter ficado pensando em um final alternativo durante grande parte do filme. Mas creio que tudo o que interpretei no final do filme, leva para o mesmo final alternativo que eu havia imaginado. 

Essa carinha de bebê da Britt Robertson combinou muito com o Asa Butterfield que só tem 20 aninhos. 

O filme não é o clichê anormal de uma garota que se apaixonada por um marciano, se é que tem alguma história sobre isso. 

Indico o filme O espaço entre nós para quem gosta de romances fofinhos, história cativante e algo fora do habitual que assistimos em relacionamentos "normais". 

Não ligo encontrar um marciano como Gardner e vocês? hehe

Espero que tenham gostado!

Beijos, Lah!

0 comentários:

Postar um comentário

Obaaaa, muito obrigada por comentar, volte sempre! Beijoss!

 
© COPYRIGHT 2014-2017. ENFIM RESOLVIDO. ALL RIGHTS RESERVED. DESIGN BY GABRIELA FREITAS