enfim resolvido

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Resenha do filme Tudo e todas as coisas

Hey gente!

Recentemente assisti ao filme Tudo e Todas as Coisas, que eu estava muito ansiosa para ver a adaptação, apesar de ainda nem ter lido o livro. É por que cada adaptação é uma conquista, né?
TÍTULO ORIGINAL: Everything, Everything
DIREÇÃO: Stella Meghie
GÊNERO: Drama, Romance
ANO: 2017
Maddie (Amandla Stenberg) está prestes a fazer 18 anos, mas ela nunca saiu de casa. Desde a infância, a jovem foi diagnosticada com Síndrome da Imunodeficiência Combinada, de modo que seu corpo não seria capaz de combater os vírus e bactérias presentes no mundo exterior. Ela é cuidada com carinho pela mãe, uma médica que constrói uma casa especialmente para as necessidades da filha. Um dia, uma nova família se muda para a casa ao lado, incluindo Olly (Nick Robinson), que se sente imediatamente atraído pela garota através da janela. Maddie também se apaixona pelo rapaz, mas como eles poderiam viver um romance sem se tocar?
Eu lembro de ter visto várias resenhas maravilhosas do livro, mas quando vi que o protagonista ia ser o Nick Robinson anotei na agenda para não esquecer de assistir. Já contei a vocês que é o meu crush da vida, né?
Bem... Basicamente é um filme sem muitos detalhes para se comentar, além do clichê. O que diferencia dos demais é a fofurice extrema e o final não previsível.
Maddie é uma garota que está prestes a fazer 18 anos, mas não tem uma vida normal como toda adolescente, por que desde pequena foi diagnosticada com uma doença que a impedia de conviver com tudo o que a rodeava. Os vírus e bactérias do mundo exterior colocariam sua vida em risco, por isso mesmo, até a casa da garota era adaptada, e por hipótese alguma, Maddie podia sair de casa.
Ela vê as coisas mudarem quando um cara gatxinho nada mais nada menos que Nick Robinson se muda para a casa vizinha. Ou seja, as fofurices começam a aparecer por aqui já.

Olly, além de lindo, é fofo e parece não ligar para esse "pequeno" detalhe. Ele acabou de se mudar de Nova York.
Desde o primeiro olhar ambos se apaixonaram, mas como alguma coisa poderia acontecer se Olly não pode nem se aproximar?

Preciso dizer que quem gosta de filmes amorzinhos para ficar com um sorriso bobo precisa assistir
É o filme mais fofinho que você respeita.

Eu pensei que seria igual a todos os filmes/livros com pessoas doentes e dei pulinhos de alegria quando o filme acabou. AMEI e me surpreendi. Ainda bem que todas as resenhas que li não me deram o spoiler, não é mesmo? Afinal, qual seria a graça de já saber? 
Foi um filme que eu amei ter visto, principalmente por ter meu amorzinho Nick Robinson, já falei né? haha

As cenas são incrivelmente lindas e amei todo o cenário.
É daqueles filmes que te enchem de vontade de encontrar alguém como o Olly, ou ter um terço (pelo menos) do amor dos dois. 

Espero que tenham gostado!

Quem já assistiu?

Beijos, Lah!

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Resenha do livro Simplesmente Ana #1 - Marina Carvalho

Hey gente!

Recentemente li mais uma obra nacional para me encantar. Vocês já devem ter percebido que eu sou apaixonada por histórias de realeza e fico encantada quando encontro algum livro de ficção sobre.

Encontrei várias resenhas de pessoas se perguntando o porquê de não ter lido essa história antes, então resolvi arriscar.

Título Original: Simplesmente Ana
Autora: Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 304
Ano: 2013
Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, ela agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex.
O livro conta a história da Ana Carina, uma mineira de 20 anos cursando Direito que tem uma vida normal em Belo Horizonte até vê-la mudar completamente ao receber uma mensagem no facebook de um suposto pai, esse que sua mãe Olívia sempre falou que tinha as abandonado.

Esse pai era simplesmente o Andrej Markov, o rei de um país do sudeste da Europa chamado Krósvia que queria que sua filha conhecesse seu país.

Ana tinha uma vida em BH e viajar para Krósvia significaria deixar tudo isso e se arriscar em uma nova experiência.

Ela tinha uma melhor amiga chamada Elisa, uma família carinhosa e atenciosa, amigos pela faculdade e o Artur, seu quase namorado, alguém que estava começando a ter um relacionamento sério.

É claro que assustou a Ana, que ainda estava sem saber o que fazer. Ir para a Krósvia conhecer seu povo e deixar sua vida no Brasil ou ficar no Brasil sem conhecer seu pai e seu país de origem?

No fim, tudo se resolveu e a Ana decidiu passar uma temporada pela Krósvia para conhecer o lugar melhor.

Por lá, Ana conhece a Irina (que seria sua assessora, já que era o braço direito de seu pai), Karenina (a principal cozinheira do castelo, que se tornou bem amiga da Ana) e Alexander (filho da falecida mulher do rei, ou seja, enteado de Andrej). Além dos demais familiares e funcionários a quem Ana sentia um carinho enorme.

Alex foi simplesmente insuportável nos primeiros encontros e os dois não se suportavam, até que romances acontecem e algo surgiu no ar que fez os dois não se esquecerem. Ai ai.

Não fiquei apaixonada pelos protagonistas, mas encantada. É uma história que com certeza queria que acontecesse comigo hehe

Minha classificação: 4 de 5.

A leitura é muito agradável. Me lembrou o livro De repente - Nicole Chase, pela necessidade das meninas terem um país a assumir e escolher se deixam a vida delas ou mudam-se para assumir o lugar de origem.

Por ser um livro nacional, várias partes engraçadas podem parecer conosco literalmente. Vai ter aquela cena do livro que você lembra que também passou ou aquela frase que você lembra de ter dito, sabe?

Recomendo a leitura para quem gosta de se apaixonar por uma história de realeza e encontrar um romance para acompanhar, já que “Simplesmente Ana” tem continuação.

De início pensei que amaria a Ana, mas fiquei apaixonada pelo Alex. Ele me surpreendeu muito e adorei ter conhecido. Seria alguém que todos iriam querer para si. Eu pensei que ele seria mais um clichê.

Espero que tenham gostado!

Beijos, Lah!

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Livros para ler em Agosto

via @enfimresolvidoblog
Hey gente!

Cheguei com mais um lista de livros para tentar organizar minhas leituras.

Já conferiram a lista de Maio e Junho?
A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome. Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção? Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.

O sonho de toda adolescente se realizou para Ronnie Adams: o maior astro pop da TV foi morar na casa dela. Ela deveria estar vibrando, como qualquer garota normal, mas na verdade está odiando a ideia. Ela não vê a menor graça em Boston Boys, programa sobre a vida de três integrantes de uma boyband, e acha os garotos uns babacas. De fato, Mason McDougal se acha o máximo e está acostumado a ser recebido sempre por meninas histéricas, por isso não faz o menor esforço para ser simpático. Tendo que lidar com o egocentrismo do garoto, além da perseguição de fãs ciumentas, a vida de Ronnie vira de cabeça para baixo. Agora ela terá que se acostumar com a stalker no 1 dos garotos plantada em seu gramado, frequentar festas glamorosas e lidar com paparazzis, resolver uma guerra de fofocas on-line e até fazer uma viagem internacional. Em meio a tantas novas aventuras, Ronnie se envolve cada vez mais com os Boston Boys e percebe aos poucos que, no mundo da fama, nem tudo é o que parece ser...

Antes do asteroide, eles eram definidos por rótulos: o atleta, a excluída, o vagabundo, a perfeitinha. Mas então tudo mudou. Agora eles têm dois meses para encontrar um significado. Dois meses para realmente viver. Dizem que o colégio é a melhor época da vida. Peter, a estrela do time de basquete, está preocupado que essa afirmação possa ser verdadeira. Enquanto isso, Eliza não vê a hora de escapar de Seattle, e da reputação que a persegue; e a perfeita — ao menos no papel — Anita se pergunta se a admissão em uma das melhores universidades do país vale realmente o preço de abandonar seus sonhos. Andy, por sua vez, não entende todo o rebuliço em relação à faculdade e carreira — o futuro pode esperar. Será? Porque parece que o futuro está prestes a se chocar com a Terra, vindo do espaço, com o potencial de acabar com a vida no planeta. Enquanto esses quatro estudantes do último ano aguardam — assim como o restante do mundo — para saber quais serão os estragos do asteroide, devem abandonar todos os pensamentos sobre o futuro e decidir como passar o que resta do presente. Neste livro esperto e envolvente, quatro adolescentes arriscam seus sonhos, seu coração e sua humanidade para ir em busca daquilo que realmente vale a pena.

Reid Alexander, um dos jovens atores mais bem pagos da atualidade, está acostumado a conseguir o que quer - e o que ele quer agora é Emma Pierce, a atriz novata que vai fazer par romântico com ele no próximo filme. Os astros parecem estar se alinhando para realizar o seu desejo, até que ele se vê diante de dois obstáculos inesperados: uma ex-namorada ressentida e um rival que vai disputar o coração de Emma. Emma Pierce acaba de receber uma oportunidade de ouro após anos atuando em comerciais e filmes para TV. Fazer o papel principal em um filme de grande orçamento, contracenando com o lindo Reid Alexander, deveria ser a realização de um sonho. Mas o coração de Emma esconde uma fantasia secreta: ela quer ser uma garota normal. Entrelinhas é o primeiro volume da série homônima de Tammara Webber, autora que já conquistou os leitores brasileiros com livros como Easy e Breakable. Embarque em mais esta história arrebatadora, que vai deixar você querendo muito mais.

Espero que tenham gostado!

Já leram algum desses?

Beijos, Lah!

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Playlist de Julho

via pinterest
Hey gente!

Desde a última playlist, muitas músicas novas foram lançadas e cá estou para compartilhar com vocês as três músicas que eu mais ouvi.

THE VAMPS - PAPER HEART

Escolhi essa música para representar o cd novo deles (Night e Day) que tá maravilhoso. Vocês já ouviram? Ultimamente venho acompanhando muito os meninos, então não podia deixar de citar alguma música.

LIAM PAYNE - STRIP THAT DOWN Ft. QUAVO

Durante dias essa música não saiu da minha cabeça haha Essa é a primeira música fora do 1D lançada pelo Liam, pelo que entendi.

ZEDD, LIAM PAYNE - GET LOW

Outra música do Liam, agora junto com o Zedd. Gostei muito. Não acompanhava o 1D enquanto eles estavam juntos, mas tô amando ver o trabalho de cada um separadamente, acompanhando principalmente o Harry, Liam e Niall.

Espero que tenham gostado!

Me contem as mais ouvidas por vocês também...

Beijos, Lah!
 
© COPYRIGHT 2014-2017. ENFIM RESOLVIDO. ALL RIGHTS RESERVED. DESIGN BY GABRIELA FREITAS