enfim resolvido
  • BLOG

    BAIXE O PLANNER FINANCEIRO

  • Lions

    RESENHA DO LIVRO AZAR O SEU

  • Snowalker

    A MENINA DOS OLHOS MOLHADOS

  • Howling

    RESENHA LIVRO DE REPENTE

  • Sunbathing

    RESENHA PS AINDA AMO VOCÊ

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Planner Semanal de mesa para download

Hey gente!

Como muitos de vocês gostaram dos freebies passados, resolvi fazer mais alguns e com mais frequência.

O freebie de hoje é um planejamento semanal de mesa. Fiz no tamanho é A4, ou seja, tamanho de uma folha de ofício normal. É ideal para deixar na mesa de estudos ou trabalho, com vista total de todas as tarefas que precisa fazer durante a semana.
É um planejamento semanal bem simples, por que é algo que está funcionando para mim. No meu caso, eu adoro fazer listas e vou riscando as coisas que já fiz.
Utilizei apenas as cores azul bebê, rose quartz e cinza, porém fiz seis modelos, assim dando mais opções a vocês.

SOBRE O DOWNLOAD:
Para fazer o download do Planejamento Semanal de Mesa basta clicar na campanha que eu fiz do pagsocial, permitir o aplicativo e compartilhar no twitter ou facebook, assim outras pessoas podem conhecer também. É super seguro. 


SOBRE O USO DO ARQUIVO: não pode ser usado para fins comerciais (por hipótese alguma pode vender esse planejamento semanal de mesa, sendo processado por isso) e caso você queira reblogar, coloque os créditos e link dessa postagem (não disponibilize o arquivo no seu blog). 

Se você ainda não viu, disponibilizei um planner financeiro com controle de gastos fixos e extras, um roteiro de estudo para ajudar na vida acadêmica dos estudantes e um planner 2017 modelo minimalista p&b completo para download.

Espero que tenham gostado!

Beijos, Lah!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Resenha do filme summer of 8

Hey gente!

Numa bela tarde sem aula na faculdade procurando algo para fazer, resolvi procurar algum filme para assistir e encontro a capa e sinopse do filme Summer of 8 que me interessaram bastante. Eis que meus amigos apareceram e decidi adiar o filme. 

Acontece que isso faz alguns meses e finalmente me lembrei o nome do filme para assistir. Cá estou eu para contar o que achei dele. 

TÍTULO ORIGINAL: Summer of 8
DIREÇÃO: Ryan Schwartz
GÊNERO: Romance
ANO: 2016
Oito amigos próximos aproveitam seu último dia de verão juntos na praia antes de começarem a faculdade.
Oito jovens estão a um dia de seguir suas vidas e entrar na faculdade, aproveitando o último verão juntos antes dessa separação.

Os amigos Jesse, Oscar, Bobby, Aiden, Lily, Jen, Emily e Serena terminaram o que eles nomearam de primeira vida. A vida em baixo da saia da mamãe, com seus melhores e inseparáveis amigos e no cenário que eles já estavam familiarizados desde sempre. 
Cada um seguiria para cidades diferentes, faculdades diferentes, com rotinas diferentes. Uma nova vida os esperavam e isso era tudo novo para todos. É claro que existia medo do que estava por vir. 

Além dessa separação, eles precisavam solucionar alguns questionamentos que surgiram durante esse tempo como se valeria a pena namorar a distância ou se contar ou não a uma garota que está afim dela. E se não solucionados logo, começariam essa nova vida com um pé atrás. 
O filme é narrado pelo protagonista Jesse, onde ele escreve cartas ao pai que faleceu quando ele era menor. 

Quando eu li a sinopse pensei que seria um filme gostosinho de assistir, mas de maneira que me tirasse risos e suspiros. 

O filme não é nada de espetacular, sabe? É gostoso de se assistir sim, por que o telespectador consegue ver as horas se passando e vendo que essas amizades de certa forma vão se distanciar. Me bateu muita saudade dos meus amigos do colégio e você fica com coração apertado sabendo qual é o final de tudo aquilo.
A verdade é que todo mundo tem medo do novo. Aquela primeira vez sozinho em um lugar totalmente novo para você, um lugar que não conhece ninguém, em uma cidade nova e sem seus amigos e familiares por perto. 

No Brasil, ir para a faculdade é algo bem mais fácil do que no exterior. Eu posso reencontrar a maioria dos meus amigos do colégio na faculdade que estudo ou passeando pela rua por que eles ainda moram na mesma cidade. 

É normal. Eu também senti isso quando eu estava para entrar na faculdade, mas o fato de ter amigos por perto já aliviou muito.
Não é um filme ruim. Os atores são ótimos, apesar de não serem muito conhecidos e o núcleo de filme só são os oitos personagens e de leve (por pouco tempo) a mãe de um dos personagens. O filme se passa em apenas um dia, com dois cenários e muita bebida e drogas.

A trilha sonora apesar de não ser animada, é incrível. Bem no estilo bad de separação. Eu me senti como se fizesse parte dos oito e estivesse me separando também. 

Eu creio que a história poderia ter sido mais trabalhada, mas valeu pela demonstração dos sentimentos, esse que muitas pessoas também vão sentir ao precisar se separar e seguir a diante. 

O final apesar de ter sido o óbvio, eu esperava saber o que tinha acontecido com eles. Se os questionamentos foram solucionados, como estava sendo a vida deles, nem que fosse tudo isso por 1 minuto.

Enfim, espero que tenha gostado!

Me contem se já conheciam o filme ou me indiquem filmes legais para assistir hehe

Beijos, Lah!

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Resenha do filme cinquenta tons mais escuros e semelhanças com o livro

Hey gente!

Hoje venho com a resenha de um das minhas adaptações mais esperadas para 2017, isso desde que assisti ao primeiro filme da trilogia cinquenta tons em 2015. O filme Cinquenta tons mais escuros foi lançado no final da segunda semana de fevereiro.

Para quem não sabe, o filme cinquenta tons mais escuros é uma adaptação cinematográfica de uma trilogia de livros escrito pela E L James. O primeiro livro é o Cinquenta Tons de Cinza, seguido por Cinquenta tons mais Escuros e Cinquenta tons de Liberdade.

Contei na resenha do livro cinquenta tons mais escuros que ele tinha sido um dos meus preferidos, juntamente com o terceiro da trilogia, então estava muito ansiosa para assistir.

Outro motivo que me fez querer assistir foi a mudança de diretor. Cinquenta tons de Cinza foi dirigido pela Sam Taylor-Johnson e Cinquenta tons mais Escuros foi dirigido por James Foley, tendo roteiro escrito por E L James e seu marido.

TÍTULO ORIGINAL: Fifty Shades Of Grey 2: Fifty Shades Darker
DIREÇÃO: James Foley
GÊNERO: Drama, Romance, Erótico
ANO: 2017
Incomodada com os hábitos e atitudes de Christian Grey (Jamie Dornan), Anastasia (Dakota Johnson) decide terminar o relacionamento e focar no desenvolvimento de sua carreira. Ele, no entanto, não desiste tão fácil e fica sempre ao seu encalço, insistindo que aceita as regras dela. Tal cortejo acaba funcionando e ela reinicia o relacionamento com o jovem milionário, sendo que, aos poucos, passa a compreender melhor os jogos sexuais que ele tanto aprecia.
No filme cinquenta tons mais escuros acompanhamos a saga de Christian Grey para reconquistar a Anastasia, que terminou o relacionamento devido aos hábitos peculiares do parceiro. 
A questão é que a Ana tem uma condição para o aceitar de volta. Ela apenas queria um namoro normal, sem mais regras ou segredos. E claro que Grey aceita, já que não quer ficar longe da sua amada, mas isso é mais complicado do que a Ana pensa, já que ela irá cada vez mais saber seu passado dark e toda a história que ele insiste em guardar.

O cenário do filme mudou e agora temos a Anastasia trabalhando para uma editora, com seu chefe Jack Hyde tentando algo a mais com ela, além de ter que enfrentar os passados do Grey como sua ex-submissa Leila e seu relacionamento com a Elena. Ahhh, temos também um Grey apaixonado, já contei? hehe A Rita Ora tirou aquela peruca ridícula para interpretar a Mia e deu uma vida a mais para a personagem haha

Achei o segundo filme bem melhor que o primeiro, até por que já vemos outro cenário, um Grey apaixonado e disposto a lutar pelo coração da Ana. 

Continuo achando a escolha dos atores maravilhosa e a Ana não poderia ter sido melhor representada nesse filme. Achei a atuação da Dakota muito boa e fiel ao que imaginei enquanto estava lendo o livro. 
Ainda continua tendo cenas de sexo, mas não sei se foi o fato de ter um Christian mais carinhoso ou se realmente o diretor quis demostrar isso, mas o que percebi foi que as cenas ficaram mais light, apesar de ainda ter a pegada picante. A linguagem também mudou e não vemos tantas palavras "baixas".

Vi em alguns comentários em resenhas do filme gente falando que tinha cenas soltas e sem sentido, mas creio que essas pessoas não tenham lido os livros, apenas assistindo aos filmes. Mas calma, que todas as lacunas se resolvem no último filme da trilogia. 

O ponto negativo que achei do filme foi o fato dos problemas serem resolvidos rapidamente. Poderia ter dado um suspense a mais à trama.

A trilha sonora do filme é algo a se comentar: maravilhosa! 
A semelhança com o livro é absurdamente enorme, o que me deixou surpresa para uma adaptação, já que sabemos que o tempo para reproduzir todas as cenas é curto. As principais cenas que imaginei que poderiam ter sido adaptadas, foram!

A verdade é que ainda tem muita gente com preconceitos com a trilogia, por ser algo erótico e apresentar algo não muito comum. Apenas assistam, sem levar em considerações essas opiniões, formando assim sua própria opinião. 

Classificação indicativa do filme: maiores de 16!

O filme Cinquenta tons de Liberdade só será lançado em 9 de fevereiro de 2018, até lá descobriremos como matar a saudade dessas coisas lindas.

Espero que tenham gostado!

Me contem: vocês já assistiram ou não pretendem? hehe

Beijos, Lah!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

4 livros que quero ler no carnaval

via reprodução
Hey gente!

Carnaval é uma das épocas do ano que mais amo, mas em 2017 decidi ir para a praia junto com alguns amigos e familiares, sem muita folia. 

Como livros são como segunda pele para mim, resolvi separar as leituras que quero fazer durante meus dias de descanso

Os livros escolhidos não tem o tema carnaval, mas separei opções que acho que vai ser legal de se ler por terem temas leves.
ACONTECEU NAQUELE VERÃO – STEPHANIE PERKINS – Editora Intrínseca 
Doze histórias de amor que acontecem no verão. A lição é simples: o amor não escolhe lugar nem hora para surgir. Coloque seus óculos escuros e abra sua cadeira de praia, porque neste verão você terá doze motivos para suspirar e se apaixonar.
O livro segue a mesma linha de "O presente do meu grande amor", onde a Stephanie Perkins reuniu alguns autores para contarem histórias de amor que acontecem no natal. 

Aconteceu naquele verão não é apenas escrito apenas pela Perkins, outros autores (diferentes do primeiro livro) foram convidados e desde que soube do seu lançamento senti vontade de ler.

Como já contei nas resenhas dos livros da Stephanie Perkins, ela virou uma das minhas autoras preferidas, com dois de seus livros na minha lista top 5 livros da vida

A SEREIA  KIERA CASS  Editora Seguinte
Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, vai precisar usar sua voz para atrair pessoas até o mar e afogá-las. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo com que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar - pois a voz da sereia é fatal -, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir a sereia será obrigada a abandoná-lo para sempre. Mas pela primeira vez, em muitos anos de obediência, Kahlen está determinada a seguir seu coração.
Eu já li alguns livros da autora e gostei muito, principalmente por falar de realeza, como contei na resenha do livro A seleção.

Houve algumas dúvidas sobre o livro A sereia ser continuação da série A seleção, da mesma autora, mas não é continuação. 

Pela sinopse fiquei muito curiosa para ler.
NÃO SE ENROLA, NÃO – ISABELA FREITAS Editora Intrínseca 
A vida de Isabela dá uma completa reviravolta depois do sucesso de seu blog, Garota em Preto e Branco. Decidida a perseguir seus sonhos, ela abandona o curso de direito, deixa a casa dos pais, em Juiz de Fora (MG), e se muda para São Paulo tão logo conquista um emprego numa badalada revista on-line. Enquanto se adapta aos novos tempos numa quitinete no Baixo Augusta, Isabela escreve seu primeiro livro. Isabela Freitas mostra neste Não se enrola, não os primeiros passos de seus personagens na vida adulta, com toda a independência e as responsabilidades que ela proporciona.
Eu adoro a escrita da Isabela e já resenhei aqui os dois outros livros da autora. Como sei que a leitura é bem agradável e fácil, foi sem dúvidas, o primeiro livro que pensei para a lista.

EU E VOCÊ – ALI CRONIN – Editora Seguinte
Um ano se passou desde esse início de Garota S2 Garoto, e Sarah está mais madura e experiente. Disposta a superar o passado, ela voltou a namorar seu melhor amigo. Porém, por mais que o relacionamento pareça ótimo, Sarah está atordoada, cheia de dilemas e questionamentos. Será mesmo que ele é realmente o amor da vida dela? E como ficarão as coisas quando os dois forem para a faculdade? Sarah precisa descobrir um jeito de lidar com todas as inseguranças, sem esquecer dos seus amigos do coração.
Garota s2 Garoto é uma série de 6 livros da autora Ali Cronin. Já li todos os cinco livros da série, falta apenas esse, que na verdade é o meu mais aguardado. 

Em breve todos serão resenhados. 

Espero que tenham gostado das minhas escolhas.

Já conheciam esses livros? Quais escolhas de vocês?

Beijos, Lah!
 

criado e codificado para o blog Enfim resolvido
cópia proibida © 2015